Av. Angélica, 1106 – Santa Cecília

O Edifício em Arquitetura Moderna PARQUE DAS HORTÊNSIAS foi projetado por Artacho Jurado e inaugurado junto com o edifício APRACS. É constituído por dois blocos de apartamentos, um de seção quadrada e outro de retangular. Suas fachadas são compostas por caixilharia contínua, as lajes frisadas marcam as linhas horizontais do edifício e, em sua cobertura, os elementos se destacam pelo colorido e pela volumetria, características dos edifício de Jurado.

Imagem: Fachada do edifício Parque das Hortênsias/Chico Saragiotto


Leia na íntegra o levantamento do DPH

Os dois edifícios voltados para a avenida Angélica que compõem o Parque das Hortênsias foram projetados e construídos por Artacho Jurado durante a década de 50.

Seu lançamento foi feito junto com o Edifício Parque das Acácias, depois Edifício Apracs, voltado para a avenida Higienópolis, 578. Na origem, os lotes estavam interligados pelos fundos de um e lateral do outro, constituindo um conjunto único. Tal situação teria permanecido durante algum tempo. Porém, como a conclusão do Edifício Apracs acabou ficando a cargo de outra incorporadora, as ligações internas foram interrompidas.[1]

2
Vista frontal do Parque das Hortênsias/Chico Saragiotto

Constitui o Parque das Hortênsias dois blocos de apartamentos: um volume de seção quadrada voltado para a Avenida Angélica, e o outro, de seção retangular, aos fundos do lote. As fachadas, de modo geral, são compostas por uma caixilharia contínua, que deixa à mostra as divisões moduladoras do espaço interno. Junto com os frisos das lajes, marcam as linhas horizontais dos edifícios. O jardim posicionado no recuo frontal, de certo modo, invade as áreas cobertas e descobertas de todo o térreo, seguindo um determinado desenho em meio aos pilotis coloridos. O amarelo é uma das cores marcantes no térreo, onde também estão presentes o azul e o rosa, além de um tom de vermelho queimado. No térreo, uma marquise sinuosa estabelece uma conexão entre o bloco da frente e o outro, situado mais ao fundo.

Na cobertura, assim como em outros edifícios de Artacho Jurado, alguns elementos se destacam tanto pelo colorido como pela volumetria exuberante. Como exemplo, pode-se observar as caixas d’água de formatos diversos, nas cores azul e amarelo, assim como o volume vazado formado pela junção de três abóbadas. Esses elementos estão presentes em ambos os edifícios que compõem o Parque das Hortênsias.

Sendo assim, além do térreo e cobertura, já mencionados, dezesseis andares comportam a área dos apartamentos, o que segundo Franco, totaliza 20.000m².[2]

Elaborado por: Maira de Moura / Estagiária / Julho 2016
Revisado por: Arq. Dalva Thomaz / julho 2016


[1] Caderno de orientações. Condomínio Apracs. Documento anexado ao processo do DPH no. 2015-0.207.810-0.


Ficha de identificação

Nome do estabelecimento: EDIFÍCIO PARQUE DAS HORTÊNSIAS
Endereço: Avenida Angélica, 1106 – Higienópolis – São Paulo.
Setor: 020 Quadra: 095 Lotes: 282 a 442
Ocupa imóvel tombado? Não
Conserva instalações/ambiência de época? Sim, com alterações.
É referência local? Sim
É referência na cidade? Não


selo-de-valor-cultural_hortensias